Wikimedia Quarto/2/Pt-2

From the Wikimedia Foundation
Jump to: navigation, search

Wstęp
Bem-vindo

Założycie
Fundador

Raporty
Relatórios

Projekty
Projetos

Wywiad
Entrevista

Prasa
Imprensa

Świat
Internacional

Notas Finais
Notas Finais

Carta do Fundador

 

Jimbo Wales in France.jpg

Este vem sendo um ano muito emocionante para a Wikimedia, e muito mais está para vir no ano que vem!

Parecem anos daquela vez quando estivemos completamente fora do ar por três dias porque só tínhamos três servidores e dois deles estragaram com problemas na placa-mãe e no disco rígido. Mas, isso foi apenas no ano passado. Hoje, temos 40 servidores e mais estão a caminho.

Neste ano, saímos do ponto de ser uma página de Internet com medo de entrar em destaque na página de notícias de computação Slashdot porque temíamos não pode agüentar o tráfego... e chegamos no ponto de ser uma página de Internet, que mal percebe quando aparecemos no Slashdot.

Mas nosso crescimento não ficou mais lento e pode estar se acelerando. Nós fizemos algo sem precedentes, e está inspirando as pessoas sobre um sonho do que a Internet pode ser: pessoas compartilhando conhecimento, oferecendo-o de graça, trabalhando juntas para criar as ferramentas que as pessoas precisam para fazer deste um mundo melhor.

Ninguém pode dizer exatamente o que o novo ano reserva para nós, mas alguns dos desenvolvedores estão sugerindo que se continuarmos nossa taxa de crescimento, seremos uma das 100 ou 50 páginas mais visitadas da Internet pelo fim do ano e que precisaremos de centenas de servidores. Este crescimento é emocionante para qualquer um, mas para nós é especial: fizemos isso de uma maneira que ninguém imaginaria que é possível... centenas de voluntários colaborando em algo que realmente acreditamos.

Como iremos tomar conta deste crescimento? Da mesma maneira que cuidamos das coisas no passado: através de deliberações cuidadosas e pensativas em que procuramos as melhores idéias de qualquer fonte. Nós precisamos identificar áreas nas quais precisamos de mais ajuda, e procurar esta ajuda interminavelmente.

Por exemplo, a demanda por desenvolvedores está sendo substancial e precisamos recrutar e manter novos desenvolvedores e isto pode ser mais difícil do que recrutar novos autores, porque novos desenvolvedores têm que aprender muito antes de atingir produtividade máxima. Também sabemos que há buracos sistemáticos na Wikipédia e precisamos pensar em como alcançar autores que estão interessados em tópicos diferentes do que nossos membros da comunidade atuais.

Peço para todos que façam uma resolução para o Ano Novo para pensar em como tomar conta deste crescimento e, especialmente, como alcançar a ajuda que precisamos. Se cada voluntário ativo pode encontrar uma pessoa que pode trazer algo novo à comunidade, nós teríamos um crescimento na habilidade de crescer, mantendo e melhorando.


Carta do Conselho
Strelitzia modified.jpg

O ano de 2004 foi maravilhoso não apenas pelas razões indicadas acima por Jimmy Wales, mas por outras razões também. O ano passado foi, especialmente, um de evolução em direção à internacionalidade.

2004 foi caracterizado com um crescimento fenomenal dos projetos em outras línguas que não o inglês. Foi durante este ano que o número de artigos de encilopédia das outras línguas excedeu aquele da Wikipédia na língua inglesa. A instalação de um portal multilíngüe em http://www.wikipedia.org, após dois anos de discussão, reflete esta mudança.

Muitas comunidades locais estão agora lincadas por fortes laços internos e operam de maneira autônoma, ao invés de copiar as operações da comunidade de língua inglesa. Algumas tornaram-se fonte de inspiração para outros projetos. O número de novas iniciativas que nasceram em comunidades locais está aumentando -- publicações em formato de CD, a iniciativa do projeto Merry Christmas, Tradução da Semana, e, mais recentemente, o International Writing Contest. Estes projetos estão descritos nesta publicação em reconhecimento de suas iniciativas.

O ano passado foi também um período de encontros de wikipedistas, em pessoa, em cidades de muitos países, em particular, na Europa e na Ásia: Paris, Berlim, Munique, Roterdã, Londres, Taipé - só para dizer alguns. A existência destas comunidades ativas é a prova viva do desenvolvimento de nossos projetos. Porém, a comunicação entre as várias comunidades é difícil, às vezes. Isto não é surpresa, considerando a diversidade das línguas faladas por wikipedistas.

Uma publicação como o Wikimedia Quarto teria sido no máximo em uma ou duas línguas, um ano atrás. Agora está traduzido em várias. Esforços também foram feitos para aumentar a interação entre comunidades este ano, e para melhorar nossa página-meta, http://meta.wikimedia.org, que está aberta a todas as comunidades. Esforços de tradução começaram para traduzir as principais páginas do meta e outras páginas, e para levar em conta opiniões de todos os projetos.

O aspecto internacional de nosso projeto também é visível em seus aspectos administrativos e legais, através da criação da Fundação Wikimedia para apoiar o crescimento e desenvolvimento de todos os nossos projetos, e através da eleição de dois membros do Conselho para representar os wikipedistas - ambas mulheres, como nunca me canso de dizer, já que é raro em ciclos administrativos. 2004 também viu a criação de duas associações locais, uma alemã e outra francesa, e a preparação de outras estruturas legais.

Resumindo - há três anos atrás, eu me juntei a um pequeno projeto em língua inglesa, localizado em http://www.wikipedia.com, propriedade de um empreendedor norte-americano desconhecido. Era um projeto fabuloso, mas estava centralizado no inglês, o que era frustrante. Hoje, somos mantidos por uma organização sem fins lucrativos, e evoluímos num projeto mundial, complexo e multilíngüe.

Em 2005, eu desejo para nós o aumento no número de participantes em línguas com Wikipédias menores (como árabe), através de colaborações externas, se necessário. Eu também espero que nós nos tornemos uma fonte para leitores em países com pouca estrutura tecnológica, onde não há acesso à Internet. A participação de editores de todas as culturas é necessário, também, para alcançar nossos objetivos de neutralidade e perspectiva balanceada.

Anthere

Nenhum de nós lendo isto possui falta de acesso à informação; pelo contrário, nós estamos nos afogando no excesso de informação oferecida pela televisão, rádio, jornais, Internet, e assim por diante. Nosso problema é filtrar a informação, e obter informações confiáveis. Apesar disso, a maior parte da humanidade não tem acesso à maioria destas fontes de informação, e precisa de ajuda. Nós devemos evitar alargar o buraco entre estes que têm e os que não têm acesso à informação!

Por último, esta é uma oportunidade não esperada para nós para descobrir homens e mulheres de todos os países, para fazer balanço do que temos em comum e o que não temos de igual, e tentar viver com, tolerar, e apreciar estas diferenças. Em muitos países, estas diferenças são reguladas com granadas explosivas para manter certos grupos em silêncio. Nós não temos escolha mas manter um consenso. Nós temos apenas palavras e devemos usá-las.


--Anthere / Florence Devouard


Se você possui alguma pergunta ou comentário, adoraríamos ouvir de você. Você pode nos contatar em nossas páginas de discussão (veja [1]), ou por e-mail para: board (arroba) wikimedia.org.

</div>

3

Relatórios Trimestrais

Astrolábio persa

Administração

Onde posso encontrar informações sobre a Fundação?

Informações atuais sobre a Fundação podem ser encontradas neste informativo trimestral, ou na mailing list ([2]), na Meta-wiki da Wikimedia ([3]) e na página da Fundação ([4]). A página da Fundação esteve em grande desenvolvimento neste outono (primavera no hemisf. sul): as maiores páginas foram colocadas no ar e a maioria destas foram traduzidas em 10 línguas. Há atualmente 38 editores, que são falantes de uma variedade de línguas, registrados na página da Fundação. A página está em fase dormente atualmente.


Como o Conselho se comunica?</br >

Dominoes sml.JPG
As atividades do Conselho são registradas no Meta-wiki da Wikimedia ([5]), e na página da Fundação ([6]). A comunicação acontece via e-mail, assim como através da mailing list "foundation-1", que está aberta ao público e arquivada publicamente. Membros do Conselho também estão freqüentemente no canal IRC #Wikimedia no freenode ([7]).

O endereço geral, board(arroba)wikimedia.org, também pode ser usado para qualquer pedido. Apesar disso, esteja ciente de que este endereço de e-mail não é mais privado. Todas as mensagens são redirecionadas para um sistema de bilhetes, o OTRS ([8]), e pode ser respondido tanto por um membro do conselho quanto por alguns dos editores confiados a esta função. O OTRS também hospeda os endereços para informações sobre a divisão local alemã, assim como o endereço para pedidos por listas de informação em inglês e alemão.

Finalmente, Jimbo, Angela e Anthere, exploradores sem medo como são, todos começaram blogs. O blog da Angela é o mais rico ([9]) em termos de informação sobre a Wikipédia. Por favor leia-o, se quiser informações sobre os últimos recursos da Wikipédia ou qualquer algo relacionado ao Wikisearch. Jimbo ([10]) aproveitou a oportunidade para conversar sobre software livre (ambos em inglês). E Anthere ([11], em francês) decidiu usar seu blog para expressar opiniões livres e também com foco sobre o aumento da visibilidade dos projetos da Wikimedia no mundo de língua francesa, principalmente, com esperanças, na África, onde o francês é muito falado.


O Conselho grava ou publica suas atividades em algum lugar?</br >

Houveram várias reuniões entre os membros do conselho neste outono (primavera no hemisf. sul).

O Conselho também teve a oportunidade de se conhecer na vida real em algumas ocasiões: em Roterdã em novembro, no dia seguinte ao encontro wikipedista; e na cidade de Nova Iorque, antes do encontro da OSI. Vários tópicos foram discutidos, incluindo planos para reuniões futuras, se a Fundação Wikimedia deveria se envolver em advocacia política, como as divisões locais poderiam se envolver mais com as atividades da Fundação, e discussão livre sobre o que o conselho pode se tornar no futuro. Todos estes tópicos foram mais fáceis de se discutir na vida real na recepção de um albergue do que por IRC ou e-mail.


A vida com o conselho

Michael e Tim não estiveram muito ativos neste trimestre, apesar de Michael ter ajudado com as considerações financeiras após a última arrecadação de fundos.
Os meses que passaram vêm sendo muito ocupados para Angela, Jimbo e Anthere, com ótimos encontros wikipédicos (por favor, veja a reportagem sobre os encontros), e entrevistas com jornais, páginas de Internet e estações de rádio para todos os membros do conselho. A Wikipédia está ficando famosa agora e nosso projeto cria muito interesse.

Jimbo e Angela passaram duas semanas na BBC (por favor, veja a reportagem especial sobre isso), enquanto Anthere estava se mudando para uma nova casa, com bastante espaço e um jardim mas sem linha telefônica e acesso à Internet por várias semanas. Anthere pôde manter contato graças à conexão em seu local de trabalho, e com visitas aleatórias ao laboratório de informática da universidade local, mas ela não teve oportunidade de satisfazer seu verdadeiro vício wikipédico ou acessar o IRC.
A Anthere agradece ao apoio durante suas férias forçadas, e sugere que todos os viciados em wiki usem o "adesivo para controle de wiki" [12] quando estiverem com saudades, sabe, que nem aquele para controle de tabaco e tal...

Como posso me tornar um membro da Fundação?

O conselho tomou várias decisões sobre tornar-se um membro ([13]). A visão de ser um membro do conselho mudou entre os atuais membros, após muito pensamento e discussões com os editores da Wikimedia.
Inicialmente, era imaginado que muito do dinheiro que apoiava o projeto iria vir de mensalidades. Os planos iniciais colocavam as taxas um pouco altas (em torno de US$ 100). Ao invés disso, alguns membros do conselho e muitos editores não foram a favor desta altíssima quantia, e, logo, ficou claro que a maioria dos lucros da Fundação viria de outras fontes. Discussões adicionais levaram a mensalidades em 36 dólares (não-editores) e 12 dólares (reduzida).

Adicionalmente, maiores discussões com Jamesday e Kate mudaram o status de filiação voluntária de ser um procedimento obrigatório para os editores, para ser opcional.

O desenvolvimento técnico de um sistema de filiação será analisado por Tim Starling nas próximas semanas.


Os desenvolvedores estão sendo pagos?

Em julho de 2004, os desenvolvedores da Wikimedia foram questionados sobre um sistema de tarefas para desenvolvimento. Isto levou o conselho a testar um sistema de pagamento e outras recompensas para desenvolvedores que escolherem trabalhar em tarefas em particular. O conselho sugeriu um período de avaliação de quatro meses antes de voltar para trás e avaliar o sistema.

Nos três meses que passaram, o conselho propôs uma tarefa, relacionada ao desenvolvimento do sistema de filiação -- uma tarefa, que é de interesse primário da Fundação, e não tende a ser controversa. Mais de dois meses após a proposta, Tim Starling fez uma proposta, que foi aceita no fim de novembro. O recurso será desenvolvido contra uma certa quantia de dinheiro, no fim de 2004 ou início de 2005.

Nenhuma outra proposta tem sido feita para o conselho; uma sugestão foi oferecida por um desenvolvedor, mas foi descartada.

Isto sugere que o conceito de ser pago por tarefa não é uma grande motivação para nosso time de desenvolvedores. Detalhes da tentativa estão disponíveis em [14]. Todos os contribuidores da Wikimedia estão encorajados a avaliá-lo quando acabar.

Para maiores detalhes sobre o tópico, veja a carta do fundador.


O que está acontecendo com os domínios?

Jason no Bomis tem a lista completa dos domínios que estão atualmente registrados à Fundação ([15]). Alguns domínios em outros países estão sob propriedade de outras pessoas; por exemplo, GerardM cuida de alguns domínios .nl. O domínio francês www.wikipedia.fr foi tomado por alguém da Internet no outono de 2004. Os wikipedistas franceses decidiram não tomar nenhuma posição quanto ao assunto, e esta pessoa gentilmente redirecionou o domínio para a própria Wikipédia. Apesar disso, o domínio russo, www.wikipedia.ru, está sendo infelizmente usado para render lucros a um vigarista da Internet.

No próximo trimestre, as decisões serão tomadas sobre quais domínios pegar. Muitos editores iriam preferir que os domínios de todos os projetos fossem comprados em seu respectivo país; apesar disso, o custo da compra de tantos nomes é muito alto para esta solução tornar-se sustentável. O conselho espera que o registro das marcas registradas ajude a aliviar esta questão.

Privacidade nos projetos da Wikimedia

Como pedido por vários editores, uma declaração de privacidade está em desenvolvimento e deverá estar finalizada e traduzida durante o primeiro trimestre de 2005. Por favor não hesite em comentar ([16]).


Divisões locais

Anthere esteve envolvido na criação da divisão francesa, a Wikimédia France (por favor, veja a reportagem especial sobre isso), e faz parte agora de seu conselho. Há agora duas divisões locais, cada uma baseada numa construção legal muito diferente, que dá ênfase à diversidade de opiniões para as divisões. A divisão francesa é uma representação legal da Wikimedia Foundation Inc. na França. As divisões francesas e alemãs são ambas baseadas legalmente em seus países, ao invés de suas línguas. Apesar disso, ambas desejam expandir suas atividades além das fronteiras de seus respectivos países.

Vários outros projetos discutiram a criação de uma divisão local nos meses que passaram, mais notavelmente nas Wikipédias neerlandesas e italianas. Alguns editores estão interessados na criação de divisões locais baseadas em línguas ao invés de nações, ou até mesmo uma divisão européia.

A Wikimedia Foundation Inc, e o envolvimento político

Pelo outono, houveram discussões sobre o envolvimento político da Fundação e de sua divisão local, a Wikimédia France. O conselho gostaria de indicar que não deseja que a Wikimedia Foundation Inc apoiasse o ativismo em geral, e em particular o ativismo não relacionado à atividade da Wikimedia. Qualquer envolvimento, como a assinatura de uma petição, deve ser feito com cuidado e apenas com larga aprovação da comunidade.


O futuro do conselho

Durante o outono (primavera no hemisfério sul), o conselho esteve discutindo o envolvimento dos conselhos das divisões locais e o futuro do conselho da Wikimedia. Especialmente às divisões locais, o conselho está aberto a qualquer discussão com ou propostas dos membros das divisões. Por favor sejam reativos neste assunto.

E quanto ao conselho por si mesmo, Anthere, Angela e Jimbo concordam que a situação atual dificilmente é sustentável. A atividade do conselho é cuidada por três pessoas, e requer envolvimento ativo de outros wikipedistas para ser gerenciado. Foi sugerido que o tamanho do conselho, ou, pelo menos, o número de membros ativos seja aumentado.  


Encontro em Berlim


Colaboração

Angela e Jimbo na BBC

Durante novembro de 2004, Angela e Jimmy trabalharam para a BBC em Londres por duas semanas. Todos tiveram uma boa estadia, e pareceu ser um sucesso; eles foram convidados a retornar em alguma data não especificada no futuro. Alguns dos empregados da BBC foram ao encontro em Londres feito durante estas semanas. Angela descreve sua experiência aqui neste informativo (por favor, veja "Notas Finais", pág. 8).


Lost Oasis e hospedagem

A Wikimedia recebeu ofertas de hospedagem gratuita de um host na França, Lost Oasis, onde três novos squids foram recentemente instalados.
Houveram outras ofertas de hospedagem gratuita, enquanto fazíamos planos de contingência para o primeiro furacão na Flórida, no fim de agosto.


Mandrakesoft DVD

Para o desapontamento de muitos wikipedistas, o lançamento de uma cópia da Wikipédia em língua inglesa e francesa junto com a nova versão do Mandrake Linux, foi atrasada.

O trabalho intensivo para classificar imagens e listas em preparação para estas publicações, que foi longo, forneceu mais qualidade para os projetos da Wikipédia envolvidos. Ajude-nos neste esforço aqui.  

Comunidade

Comunidade e a Wikipédia em Berlim

Encontros dos wikipedistas

  • Encontro em Tóquio, em 8 de novembro e em Nagoya em 10 de novembro. Veja as "notas internacionais".
  • Encontro em Berlim em novembro. Ver mais
  • Encontro em Roterdã em novembro. Veja relatório e imagens
  • Encontro em Bolzano, 27 de novembro (it e de). Veja "notas internacionais".
  • Encontro em Londres, novembro.
  • Encontro em Nova Iorque, 12 de dezembro. Report and pictures
  • Encontro em Taipei (4 de dezembro). Veja "notas internacionais".
  • Encontro em Pequim. ([17])
  • Encontro em Berlim em dezembro. ([18]). Veja "notas internacionais".

Wikimania 2005: A Primeira Conferência Internacional da Wikimedia ([19]) é uma conferência planejada para todos os usuários dos projetos da Wikimedia (de 4 a 8 de agosto de 2005). Veja "notas internacionais" para mais informações sobre o assunto.  

Finanças
Banco Imobiliário

Daniel Mayer é o CFO (chefe financeiro). Ele é responsável pelas finanças, observado por Michael Davis. Em particular, ele está encarregado de estabelecer nosso orçamento e balancear nossos gastos.

Doações e arrecadação de fundos

Uma arrecadação de fundos de duas semanas em setembro de 2004 arrecadou US$ 60.000, mais do que o objetivo de US$ 50.000. Em torno de 10% destas contribuições foram feitas à divisão alemã. Estes fundos sustentaram o projeto pelo outono (primavera no hemisf. sul).

Entre as contribuições de janeiro a agosto de 2004, em torno de US$ 200 era arrecadado por dia.

Na taxa atual de gastos, largura de banda e maquinário, esta quantia só é suficiente para manter o site/sítio online e em crescimento por quatro meses. A próxima arrecadação de fundos está planejada para começar no início de fevereiro de 2005. Uma reunião aberta para discutir como iremos dar suporte ao crescimento a longo termo dos projetos está planejado para acontecer antes desta arrecadação de fundos (ou seja, fim de janeiro de 2005).

O orçamento aprovado para o quarto trimestre pode ser visto aqui: [20]. Este orçamento para o 4ºT provou-se generoso; os gastos totais para o trimestre foram de pouco mais de US$ 50.000, graças, em parte, à algumas doações.

A próxima revisão formal do orçamento, incluindo detalhes das doações da última arrecadação de fundos, estarão disponíveis em janeiro.

Links (em inglês)

 

Grants
Doações

Uma doação foi obtida inesperadamente neste outono, quando a Fundação Beck sugeriu que estaria interessada em apoiar um projeto Wikijúnior. Eles dariam uma doação de US$ 10.000 para a Wikimedia para produzir conteúdo para livros infantis sobre assuntos específicos, no estilo enciclopédia curta. O plano atual é criar conteúdo para livros impressos de 48 páginas sobre Geografia, Animais e Astronomia. Por favor, veja Wikijúnior e os projetos do Wikilivros associados para mais detalhes, assim como uma reportagem especial sobre o projeto neste informativo.

Em janeiro de 2005, recebemos US$ 40.000 da Fundação Lounsbery. Gastamos o dinheiro da seguinte maneira: 1) para cobrir nossas operações diárias, 2) para permitir que lançássemos o projeto Wikispecies, e 3) para continuar a melhorar nossos projetos existentes.

Nosso muito obrigado às duas fundações por acreditarem em nossos projetos.

Houve também um encontro importante com o Open Society Institute Information Project em Nova Iorque, durante dezembro. Eles convidaram o conselho da Wikimedia para juntar-se ao encontro anual de seu conselho, e estão interessados em ajudar na expansão da Wikipédia em línguas-chave e no mundo em desenvolvimento. Nada específico foi decidido, mas idéias para melhorar o conteúdo na língua árabe e para aumentar o número e variedade de contribuidores de países da África seriam bem-vindas.  

Desenvolvimento Técnico
Desenvolvimento Técnico

A maior parte do relatório abaixo foi escrito por James Day; a parte sobre as máquinas em Paris foi em maior parte escrita por David Monniaux.
Informações sobre nossos servidores podem ser encontradas a qualquer hora aqui. A atividade de desenvolvedores cai sobre as duas áreas principais: manutenção dos servidores; e desenvolvimento do software MediaWiki, que é também usado para muitas coisas não da Wikimedia. A maioria dos desenvolvedores, apesar de não todos, por sua escolha, estão listados aqui. Você pode mostrar que aprecia a dedicação deles deixando pequenos agradecimentos ou através de apoio financeiro. Obrigado!
Até agora, todos os desenvolvedores estão trabalhando de graça, mas nós poderemos mudar no futuro para darmos suporte ao nosso incrível crescimento.

Instalação de squid caches na França

O cluster próximo à Paris.
Nossos servidores são os três no meio: (de cima para baixo: bleuenn, chloe e ennael).

Em 18 de dezembro de 2004, três servidores doados foram instaladas numa facilidade em Aubervilliers, um subúrbio de Paris, França. Eles receberam os nomes de bleuenn, chloe e ennael por pedido do doador. Para aqueles que estão por dentro da tecnologia, as máquinas são servidores HP sa1100 1U com 640 MiB de RAM, discos rígidos ATA de 20 GB e processadores Celeron de 600 MHz.

As máquinas serão equipadas com software de squid caching. Eles serão um teste para uma técnica de adicionar caches próximos aos usuários para reduzir a latência. Geralmente, usuários franceses com uma conexão de Internet DSL podem conectar-se à estas máquinas com uma latência de 30 ms, enquanto podem apenas conectar ao cluster principal da Wikimedia na Flórida em torno de 140 ms. A idéia é que usuários de partes da Europa usem os squid caches na França, para reduzir o tempo em 1/10 de segundo, quando usuários tentam acessar o conteúdo multimídia e quando usuários anônimos tentam acessar qualquer tipo de conteúdo. Usuários logados não terão tanto lucro, já que as páginas são geradas especificamente para eles, e não são "cacheadas". Se uma página não estiver em um squid cache, ou a página é para um usuário logado, os servidores web Apache devem tomar de 1/5 a três ou mais segundos fora o tempo da base de dados para fazer a página. O tempo da base de dados é em torno de 1/20 segundo para coisas simples, mas pode atingir vários segundos para categorias, ou até mesmo 100 segundos para uma lista de artigos vigiados bem grande.

O centro de dados Telecity

Os squid caches foram ativados no início de janeiro de 2005, e um período de testes seguiu. Em 31 de janeiro, as máquinas fazem o cache para o conteúdo em inglês, francês e de multimídia para a Bélgica, França, Luxemburgo, Suíça e Reino Unido. O sistema ainda está meio que em testes, e espera-se que o desempenho possa ser aumentado com algumas modificações. A instalação de clusters de cache similares em outros países está sendo considerada.

Instalação de mais servidores na Flórida

No meio de outubro, mais dois servidores escravos de base de dados dual Opteron, com 6 drives em RAID 0 e 4 GB de RAM, e mais cinco servidores Apache 3GHz/1GB foram pedidos. Atrasos, devido à problemas de compatibilidade, que o vendedor teve de resolver antes de enviar os servidores de base de dados, deixaram a página com pouco poder na base de dados; até o início de dezembro, a função de busca tinha de ser desligada, às vezes.

Em novembro de 2004, cinco servidores web, quatro com alta capacidade RAM usadas para Memcached ou squid caching, tiveram problemas. Isto resultou em wikis muito lentas, às vezes.

Foi feito o pedido de cinco servidores de RAM de 3GHz/3GB no início de dezembro. Quatro das máquinas de dezembro irão oferecer serviços de squid cache e memcached como substituições melhoradas das máquinas que estragaram, até que sejam consertadas. Uma máquina com vários drives SATA no RAID 0 serão usadas como teste para ver quanta carga estes servidores de base de dados de menor custo podem agüentar, assim como também oferecer uma outra opção para um escravo da base de dados apenas para backup, também rodando Apache. Estas máquinas estão equipadas com uma nova opção para energia remota e monitoramento da "saúde" do servidor com um custo adicional de US$ 60. Esta opção foi aceita para esta compra, para permitir a comparação de quão efetiva este conselho de monitoramento com uma faixa de energia remota ajuda a reduzir a necessidade de trabalho no local onde os servidores estão instalados, que pode envolver custos ou atrasos.

Uma outra ordem de um servidor mestre de base de dados, para permitir uma divisão dos servidores de base de dados em um mestre e par de escravos, com cada um com cerca de metade da atividade do projeto, assim como cinco novos Apaches estão planejados para compra no fim do último trimestre de 2004 ou nos primeiros dias de 2005. Esta compra irá usar o que sobrou dos US$ 50.000 da última arrecadação de fundos. O servidor de base de dados irá se dividir permitindo um alívio para os servidores servirem os pedidos dos usuários. Esta divisão deve acontecer em três meses, após o novo mestre provar sua confiança durante muitos meses de serviço como escravo da base de dados.

Tráfego e conectividade aumentada

O tráfego cresceu durante o terceiro trimestre de 2004 de em torno de 400 a 500 pedidos por segundo no início deste período para cerca de 800 por segundo no final. No início do quarto trimestre de 2004, o tráfego cresceu ainda mais, às vezes passando a marca dos 900 pedidos por segundo, com picos diários de até 1.000 a 1.100 pedidos por segundo, depois voltou a 900 e cresceu lentamente, novamente, devido ao final da febre da volta às escolas nos EUA, ou tempos com demora para o servidor responder, ou ambos ([21], [22]). O uso da largura de banda cresceu de uma média de 32 megabits por segundo no início do quarto trimestre de 2004 para cerca de 43 megabits por segundo no final. Picos diários típicos chegaram a até 65 a 75 megabits por segundo, e, às vezes, até mesmo a 100, limite de uma conexão única de ethernet. Para lidar com este tráfego, conexões duplas de 100 megabits foram usadas temporariamente, e uma conexão de fibra de gigabit foi arrumada no local de servidores na Flórida, e as partes necessárias foram pedidas.  

Projetos

Ballon2.jpg

Há nove projetos ativos da Wikimedia:

O Wiki Memorial é atualmente apenas um memorial de 200 páginas sobre o 11 de Setembro e não um projeto em si.

Política para novos projetos

Devido à multiplicação de novos projetos e a controvérsia sobre a criação do Wikispecies, um procedimento para começar novos projetos foi organizado em nova política de projetos. O Wikinews foi o primeiro novo projeto a seguir este procedimento, que requer uma descrição extensa do projeto (e sua tradução em várias línguas), uma enquete para aprovação da comunidade e a aprovação final do conselho da Fundação Wikimedia.  

Relações Públicas

Jimmy Wales sendo entrevistado em Roterdã

Houveram alguns grandes eventos de notícias este outono (primavera no hemisfério sul): o relatório para a imprensa de "um milhão de artigos", que foi visto no mundo todo em dez línguas; o relatório para a imprensa sobre o CD da Wikipédia em alemão lançado pela Directmedia, que foi bastante visto na Alemanha; e o lançamento do Wikinews, que foi altamente acompanhado por repórteres e blogueiros em muitas línguas (por favor, veja "Na Mídia", pág. 7).

Durante este trimestre, muitas das outras Wikipédias, além da em inglês, começaram a ter cobertura importante da mídia. Por exemplo, a Wikipédia em francês foi assunto de artigos muito bons. Entre eles, está um do jornal Liberation ([23]), como também um muito crítico em Charlie Hebdo ([24]). Em 27 de novembro de 2004, Anthere participou de uma entrevista para a rádio BFM (por favor, veja [25]). Outra entrevista de rádio aconteceu, com Yann: [26] em janeiro de 2005.

Para cotações de artigos sobre nós, por favor veja "Na Mídia", pág. 6.

Angela Beesley

Angela também participou numa entrevista de rádio na BBC Radio 4. Deixe que ela conte para nós como foi:

Em 17 de novembro, eu fiz minha primeira entrevista de rádio para a Wikipédia. Foi no programa You and Yours da BBC Radio 4. Eu não percebi que seria ao vivo quando concordei em fazê-la, mas acabou sendo menos aterrorizante que eu imaginei. Foi gravada no estúdio da BBC em Suffolk já que os estúdios em Essex, que ficam mais perto de mim, estavam todos ocupados naquela hora. Eu fui convidada a esperar na "Green Room" quando cheguei, o que não foi tão impressionante como parece; é uma sala com alguns sofás, água, e uma coleção do que a imprensa fala sobre a BBC Radio Suffolk. Pouco antes da gravação começar, eu fui levada a um pequeno estúdio e recebi fones de ouvido onde ouvia o programa e o editor em Manchester falando comigo. Fiquei sozinha no estúdio durante a gravação.

Bamber Gascoigne começou dando uma pequena história da enciclopédia, e então tocou uma gravação de uma família procurando por fatos em uma enciclopédia tradicional comparada ao uso da Internet para isto. Michael Schmidt, um professor inglês do Instituto de Ciência e Tecnologia da Universidade de Manchester, então falou sobre como seus estudantes estavam hoje em dia, procurando mais nos computadores do que em livros para suas pesquisas. A apresentadora, Liz Barcklay, me pediu para destilar como a Wikipédia trabalha e eu expliquei como a página é editável por qualquer visitante e como o vandalismo é rapidamente descoberto e revertido. Bamber estava em um estúdio em Londres e falou sobre sua página HistoryWorld. Bamber e Michael ambos falaram que os artigos da Wikipédia deveriam ser "presos" em algum ponto para evitar edições, mas eu sugeri que ao invés de trancá-los permanentemente, uma versão marcada como estável poderia ser dada para usuários que queriam, enquanto ainda permitindo edição no artigo original. Esta seção do programa durou pouco menos de 20 minutos e terminou com Bamber dizendo que "a idéia de que enciclopédias impressas são confiáveis é sem sentido".

Escute o programa (em inglês).

</div>


4

Direto dos Projetos
Baseball sml.jpg

 

Novos projetos
Muito tem sido escrito e dito sobre o Wikinews, quase rivalizando com o número total de conteúdo escrito para o projeto desde que começou em novembro. Alguns o amam, outros o odeiam. O projeto já possui em torno de 200 artigos, junto com um grande pedaço de debates sobre a política desta wiki e um núcleo de cerca de 8 a 10 contribuidores ativos.

Relatórios rápidos sobre os projetos
Veja a última publicação em papel em progresso na reportagem sobre o Wikijunior abaixo.

Em janeiro de 2005, a página da Wikipédia mudou sua página principal daquela da versão em inglês para um portal multilíngüe que mostra todas as línguas que a Wikipédia está disponível acima de 100 artigos, após mais de dois anos de discussões esporádicas.

Quando foi criada, Wikipédia em inglês estava localizada em www.wikipedia.org (originalmente www.wikipedia.com). Outras línguas ganharam domínios baseados em seus códigos ISO 639. A Wikipédia em inglês foi eventualmente movida para o domínio de seu respectivo código, en.wikipedia.org, enquanto os domínios antigos foram configurados para redirecionar ao local correto.

A ação de criar um portal foi apoiada pelo conselho e também por wikipedistas de que falam outras línguas que reconheceram o portal como o verdadeiro sinal da natureza multilingüística do projeto. Apesar disso, a mudança surpreendeu um certo número de pessoas e desapontou alguns usuários da Wikipédia em inglês que não gostaram dos novos padrões. Leia mais no relatório de Michael Snow aqui.

Wikinews

Wikinews
O Wikinews em inglês e alemão foi lançado oficialmente em dezembro de 2004, seguida por versões em outras línguas em janeiro de 2005. A versão em português foi lançada em fevereiro do mesmo ano. Pela primeira vez num novo projeto da Wikimedia, o projeto foi aprovado com votos de toda a comunidade, e depois aprovado pelo Conselho Diretivo. Erik Moeller (vulgo Eloquence) liderou o rascunho de uma proposta para organizar o voto, além de planejar a estrutura básica da página e como o trabalho iria funcionar. Apesar de ter começado como uma versão demo (de testes), blogueiros, a página slashdot.org e outros veículos da mídia noticiaram o acontecimento.

A maior questão no entanto era se o sucesso da Wikipédia poderia ser replicado quando o assunto é produção jornalística. Muitos dos wikipedistas experientes preocuparam-se que notícias incorretas, imcompatíveis com nossa política de ponto de vista neutro, poderiam ser lançadas em um ciclo de trabalho muito menor que é a produção jornalística. Respostas conclusivas a estas questões ainda não foram descobertas, apesar de que vimos progresso significativo no projeto.

O Wikinews entrou na fase "beta". Ainda está em sua fase de formação mas sua existência como projeto da Wikimedia já é aceita. Erik escreveu um texto refletindo sobre o passado e futuro do projeto, e disse que o processo de revisão formal está sendo reconsiderado e redesenhado levando a um mecanismo mais simples. Há tensão em tornar a página mais amigável para récem-chegados simplificando as regras e procedimentos, seguindo à risca o conceito wiki de "qualquer um pode editar", e impondo medidas de medição de qualidade - um processo de revisão formal com algumas regras básicas para se seguir. A publicação de notícias não revisadas e incompletas na página principal vem sendo discutida. Alguns usuários ativos, como IlyaHaykinson, TalkHard e Lyellin escreveram bastante sobre o tópico.

Considerando que em torno da metade das novas contribuições são escritas sobre política e conflitos, é normal preocupar-se com fatos incorretos e precisão. Alguns pensam que nós deveríamos dar ênfase na publicação de notícias em detalhe, como em publicações jornalísticas semanais, ao invés de notícias recentes, e gastar mais tempo no controle de qualidade. Carlosar, um dos muitos participantes ativos do Wikinews e participante das várias discussões de neutralidade dos artigos, observa que o Wikinews está melhorando e produzindo resultados positivos. Mas o projeto enfrenta grandes desafios. Muitos têm dito que a criação de uma fonte de notícias livre, aberta e neutra é mais difícil do que criar uma enciclopédia livre. Nós convidamos todos editores de outros projetos da Wikimedia para aparecerem, participarem em discussões, escreverem artigos e ajudar a construir as comunidades que nós já começamos.

Páginas externas: Pontos de vista de outros usuários do Wikinews

  • Texto do Erik: [27]
  • IlyaHaykinson: [28]
  • TalkHard: [29]
  • Lyellin: [30]
  • Carlosar: [31] e outras seções na página.

Mídia e Slashdot

  • Wired News Wikipedia Creators Move Into News por Joanna Glasner, 29 de novembro de 2004. [32]
  • TechNewsWorld Open-Source News? Wiki Builds a New Kind of Journalism por John P. Mello Jr., 30 de novembro de 2004. [33]
  • Slashdot: [34]

Estatísticas:
Aproximadamente 2.000 páginas e 150-200 artigos. 150 categorias. Mais de 800 usuários registrados, quase 8000 edições.

Tradução da Semana

Iniciado por Danny no fim de outubro como um pouco mais de um desafio, após o sucesso encontrado com a tradução de Gangnihessou em várias línguas, a Tradução da semana, um projeto projetado para traduzir um artigo para Wikipédias de diferentes línguas vêm sendo um sucesso, e já conta 10 traduções até este dia. A idéia por trás da tradução da semana é escolher um artigo em uma das Wikipédias e apresentá-lo como candidato para uma tradução por todas as wikis. Artigos que atingem uma maioridade de apoiadores são então colocados como Tradução da semana e então disponibilizados para serem traduzidos para o maior número de línguas possível. Após 10 semanas, o projeto já conta com 64 participantes, e muitos mais distribuídos pelas Wikipédias. Apesar do recorde estabelecido com Gangnihessou, traduzido em 40 línguas, nenhum artigo foi traduzido para menos de 16 línguas.

Wikijúnior

Ano Internacional das Crianças - Desenhos infantis
Provando que nossos esforços estão sendo reconhecidos como legítimos, a Fundação Beck entrou em contato com a Wikimedia há um tempo atrás, pedindo se poderíamos desenvolver material educacional para crianças. Após uma proposta ser enviada, eles concordam em nos oferecer US$ 10.000 para criar um projeto online e impresso para crianças de 8 a 11 anos de idade.

O projeto foi inicialmente recebido com um pouco de ingratidão no mailing list da Fundação, e foi chamado de um novo Wikispecies, um projeto criado pelo Conselho com pouca participação exterior. Mas uma vez que o desenvolvimento começou no Meta, o projeto ficou mais estruturado em seu foco, e ganhou apoio unânime e foi encorajado por cada contribuidor da Wikimedia que o descobriu.

Uma vez completo, nossos livros estarão disponíveis no mundo todo, seja de graça ou por um preço barato para as crianças locais, ao invés de apenas para seus pais. Brilhosos e completamente coloridos, estes livrinhos com estilo de revista serão bem coloridos e ricamente ilustrados, para ajudar a encorajar a literatura e a curiosidade.

O projeto está sendo atualmente desenvolvido como parte do Wikilivros. Uma vez que criarmos nosso primeiro livrinho, a informação será transferida para uma página não-editável para nossos leitores. Todo o conteúdo será revisado e verificado por educadores qualificados.

Um de nossos maiores desafios até agora é adaptar nosso estilo de escrita e conteúdo para crianças. Os contribuidores andam em uma fina linha entre muito fofo e muito "nerd". Eventualmente, enquanto nos aventurarmos em outros tópicos, também teremos de decidir entre a censura ou a liberação de certos tipos de informação. Os primeiros tópicos estão livres deste tipo de problema; Gatos Grandes, o Sistema Solar e a América do Sul são os mais primeiros livros que a comunidade decidiu pôr em desenvolvimento. Também há experimentos interessantes em como fazer layout de múltiplos níveis de conteúdo de uma vez só.

A edição sobre a América do Sul parece ser a que mais rápido se desenvolve, graças à ajuda de wikimedistas do continente.

Nós já tivemos ofertas de tradução para dinamarquês, francês, português, espanhol e sueco. Nosso eventual objetivo para estes projetos é de desenvolver conteúdo independentemente do projeto em inglês. Fundos adicionais serão necessários para criar edições impressas de todas as outras línguas.

Eu encorajo todo mundo a ir e ver a forma que o Wikijúnior está tomando. Contribua com alguma informação, liste-se como tradutor colaborador, faça debates sobre o nome do projeto. Esperamos que o Wikijúnior traga mais credibilidade para o nome Wikimedia, como um de nossos primeiros projetos a ter resultados verdadeiros no mundo real.

Wikiversidade

Wikiversidade

Agora mesmo, a Wikiversidade em espanhol parece estar crescendo mais rápido do que o "Wikilibros" (Wikilivros em espanhol). Parece que as fundações deste projeto estão se fortalecendo já que temos escolas com membros ativos sobre química, física, ciência da computação, filosofia e lingüística. Especialmente ativa neste momento está a Escola de Ciência da Computação (Escuela de Ingeniería Informática), com 7 membros, 8 departamentos e 1 curso de universidade; o departamento de física e o de química também possuem membros bastante ativos e o depto. de lingüística criou recentemente uma área de sinologia. No "Claustro" discutimos como a organização da Wikiversidade deve ser.

Um dos tópicos discutidos é se devemos propor à comunidade da Wikimedia que a Wikiversidade deveria ser um projeto independente do Wikilivros, com ou sem novo nome de domínio (por exemplo .wikiversity.org). Atualmente, apesar da Wikiversidade poder/dever usar o Wikilivros para criar material didático, departamentos diferentes podem estar envolvidos em outros projetos da Wikimedia. Por exemplo, a "Area de Sinología" está para começar a seção Chinês-Espanhol e Espanhol-Chinês do Wikcionário e também o artigo "Literatura de China" da Wikipédia. Então, a visão da Wikiversidade é um tanto mais ampla do que a do Wikilivros. Envolve e tende a lucrar e participar em todos os projetos da Wikimedia. Eu encorajo a você a dar uma olhada e participar :P. O quê? Não tem uma Wikiversidade na sua língua? O que você está esperando para criá-la agora ;-)?

Projetos locais

Ar: Muito esforço está sendo investido na melhoria dos artigos existentes, com novas adições todos dias. Nenhum projeto especial está em realização atualmente.

En: Com o tamanho da Wikipédia, é cada vez mais difícil ficar de olho nos acontecimentos importantes da comunidade. Michael Snow fez um novo esforço para coletar esta informação escrevendo sobre ela num newsletter chamado The Wikipedia Signpost. O informativo está planejado para ser publicado semanalmente. Leia Wikipedia Signpost.

Es: Um projeto de sucesso chamado País de la Semana (País da Semana) encoraja os contribuidores a melhorar o artigo do país escolhido para aquela semana. Países com pouca ou nenhuma informação são prioridade.

Ja: O Ministério japonês da Terra, Infraestrutura e Transportes (MLIT) esclareceu que todas as fotos aéreas estão disponíveis sob a GFDL. Isto é uma grande notícia para nós, já que imagens fair use não são aceitas na Wikipédia de língua japonesa por razões legais. Nossos agradecimentos ao usuário e ao MLIT.

No Japão, o tráfego da Wikipedia.org cresceu 635% no ano passado, o maior aumento na Internet japonesa por uma larga margem. A Wikipédia é atualmente 7% tão popular lá como a página mais popular do país, yahoo.co.jp (fonte em PDF).

Zh: O tão esperado recurso - conversão automática entre chinês tradicional/simplificado - está vindo com o MediaWiki 1.4, que irá atrair mais usuários de chinês tradicional aos projetos da MediaWiki e irá remodelar a comunidade. Nós devemos muito a Zhengzhu por este trabalho maravilhoso.

It: Uma tradição de Natal é enviar cartões de Natal e Ano Novo e o texto em um cartão italiano seria "Buon Natale e felice Anno Nuovo", em um cartão em inglês "Merry Christmas and a happy New Year!". Buon Natale e felice Anno Nuovo! é a página para este esforço. O que queremos é a tradução para o maior número de línguas possível, mas principalmente para todas as línguas que possuem um projeto da Wikimedia E um arquivo de som com a pronúncia no Commons.

Kerstkrans.jpg

Uma maneira na qual você pode extender este projeto é escrevendo sobre a maneira como o Natal é celebrado em sua área, tradição ou país. Muitos cristãos celebram o Natal em janeiro ao invés de dezembro. Nem todos conhecem o "pudim de Natal" por exemplo e a neve deve fazer parte do Natal, mas não na Austrália, nem no Brasil. Buon Natale é uma página onde você pode encontrar muitas fontes sobre o Natal.

Divisões Locais
WQ/2/chapters/Pt
Wikimedia Deutschland

A Wikimedia Deutschland ([35]) esteve ocupada com muitas tarefas administrativas. A divisão alemã vem tendo sucesso em ganhar status oficial isenta de taxas, como uma organização sem fins lucrativos. Para resolver algumas questões repetidamente perguntadas sobre o impacto das leis de direitos autorais e da GNU Free Documentation License na Wikipédia, a Wikimedia Deutschland pediu um FAQ legal para a Wikipédia em alemão de um advogado alemão especializado em licenças de conteúdo e fonte aberta.

Pelo fim de setembro, a Wikimedia Deutschland, junto com a Corporação de Desenvolvimento Econômico da Região de Stuttgart (WRS) e a Prof. Deborah Weber-Wulff da Universiade de Ciências Aplicadas (FHTW) em Berlim, começou a trabalhar numa participação num projeto do Ministério de Educação e Pesquisa (BMBF) do governo alemão chamado "Nova Mídia na Educação [36]", projeto com bons retornos lucrativos por parte do governo. Duas inscrições foram enviadas; o processo de seleção irá continuar até o fim do ano.

No início de outubro, a Wikimedia Deutschland estabeleceu contatos com a OSCE, que organizou o "Encontro de Implementação da Dimensão Humana OSCE [37]" em Varsóvia, onde Jimbo Wales discursou sobre a Wikipédia no grupo "Garantindo a Liberdade da Mídia na Internet". Mais tarde naquele mês, uma equipe da divisão alemã representou a Wikipédia num estande e discursou na Berlinux, um congresso sobre Linux em Berlim de 22 a 23 de outubro de 2004. Rumores existem de que John "maddog" Hall foi visto usando uma camiseta da Wikipédia lá. Os contatos com a editora Brockhaus foram fortalecidos em várias reuniões, assim como contatos com a Directmedia, uma empresa de Berlim, que produziu a versão em CD da Wikipédia. O lançamento em CD da Wikipédia recebeu várias opiniões favoráveis da crítica na mídia alemã e foi distribuído na capa da revista sobre informática Chip. A Directmedia atualmente planeja uma versão em DVD da Wikipédia para a primavera (outono no hemisfério sul) e nos convidou para compartilhar seu estande na feira de livros de Leipzig, que está na vizinhança de Brockaus.

Em dezembro, a Wikimedia Deutschland esteve presente na 21C3, o congresso anual do Chaos Computer Club. Jimbo Wales fez uma apresentação sobre a Wikipédia. E a Wikimedia Deutschland convidou dois dos principais desenvolvedores do software MediaWiki, Brion Vibber e Tim Starling, para participarem numa conferência sobre MediaWiki lá.

Nos últimos três meses, houveram inúmeras menções sobre a Wikipédia na imprensa de língua alemã. Por exemplo, o Tageszeitung apresentou um artigo sobre a Wikipédia, e o Bild-Zeitung, o maior tablóide da Alemanha, publicou um artigo sobre como proceder na Wikipédia. O começo do novo serviço Wikinews foi bem aceito pelos jornalistas alemães, apesar do de.Wikinews estar no seu início.

Wikimedia France

A Wikimédia France ([38]), uma organização sem fins lucrativos da França, foi oficialmente fundada em 23 de outubro de 2004 em Paris, com 20 membros fundadores. Entre os fundadores estavam o Conselho da Fundação Wikimedia. Neste encontro, os estatutos finais foram adotados. O objetivo da Wikimédia France é promover todos os projetos da Wikimedia, com um foco nos projetos em língua francesa. A Wikimédia France também atuará como representante da Fundação Wikimedia na França e em outros países, onde sua ajuda é necessária. Ela não irá exercer nenhuma influência editorial na Wikipédia em língua francesa, e interverá apenas em casos legais.

Os membros fundadores e outros usuários interessados estão trabalhando para estabelecer um conjunto de políticas internas para a Wikimédia France, para definir seus objetivos e métodos.
A Wikimédia France elegeu os membros de seu Conselho em 25 de outubro via IRC. Ryo foi eleito presidente, Yann secretário e Shaihulud tesoureiro.

O último passo é registrar a associação como sem fins lucrativos com as autoridades francesas, e para isso é necessário ter os estatutos assinados por todos membros fundadores. A última assinatura faltando era a de Jimbo. Já que os estatutos assinados acabaram de retornar à França, espera-se que a associação irá existir legalmente em fevereiro de 2005. Isto irá permitir que a Wikimédia France atue como uma entidade legal e, por exemplo, abra uma conta bancária. Alguns objetivos iniciais terão de ser realizados para a entidade ser reconhecida como de "utilidade pública" e ter mensalidades que possam ser descontadas de impostos. Após isso, o trabalho real de criar contas, ganhar doações, etc. pode começar.

A Wikimédia France teve algumas ocasiões para apresentar a Wikipédia em diferentes encontros. Por favor veja [39] para mais detalhes.

Recentemente a Wikipédia recebeu bastante cobertura na mídia de língua francesa: artigos de jornais importantes como Libération e La Tribune de Genève, a rádio France-Info, a revista Univers Mac e muitas outras páginas de Internet falaram sobre nosso maior projeto.

</center>

</div>


5

Lawrence Lessig
Entrevista: Lawrence Lessig

O Quarto falou com Lawrence Lessig, professor de direito da Universidade de Stanford, fundador e presidente da Creative Commons e criador da cultura livre, em um descanço no final de um longo dia de dezembro. Numa sessão tumultuosa, ele falou conosco sobre direitos autorais, copyleft, barreiras à cultura livre, alçapões legais para a Wikipédia e a luta por uma boa causa.

Trabalhos coletivos e a fronteira dos direitos autorais

Algumas das perguntas sobre direitos autorais que os usuários da Wikipédia mais fazem são: Como será reutlizado trabalho atual deles? Quais são os riscos a longo prazo do simples reuso de conteúdo coletivo? E o que podemos fazer, agora, para reduzir estes riscos?

LL: O maior risco a longo prazo seria uma série de decisões legais que trariam dúvidas à habilidade do projeto de confiar na simples designação coletiva de direitos. E, eu penso que da maneira como vocês lidam com o assunto é entender a estrutura da FDL que mais facilita esta designação coletiva de direitos. Sei que há projetos e grupos de estudo que pensam e trabalham no assunto.

Como você teve a idéia para a Creative Commons?

LL: Nós reconhecemos como a Internet e a maneira que a estrutura da lei interagem... numa maneira a presumir uma grande pilha de material indisponível, que a intenção do dono do direito autoral ou a intenção da sociedade faça que fiquem disponíveis. Então, tentamos ser criativos sobre como resolver este problema legal produzido pelas conseqüências inesperadas da maneira que a lei foi concebida.

Quando a Wikipédia estava começando, as licenças Creative Commons não existiam ainda. Já era óbvio, então, que novos tipos de licenças seriam necessárias?

LL: O objetivo da lei de direitos autorais é primariamente ajudar os criadores a fazerem o que quiser. Eu acho que é óbvio que por padrão as leis sobre direitos autorais não encorajam projetos como a Wikipédia, mas estas leis podem adaptar-se usando licenças da forma como Richard Stallman faz com as leis sobre direitos autorais de software. Eu não acredito que seja criticável a lei de direitos autorais atual com seu mecanismo padrão que não facilita esta nova capacidade incrível.

But, enterprises like Wikipedia strain copyright law, certainly. It is hard to express the understandings of the people participating in the construction of this creative work, and nobody understands how the work will develop and change.

For example, in Germany, a copyright owner can't sign away rights to technologies that don't exist. In the US, we have clauses like, "I'm signing away my rights to all technologies now known or ever to be discovered..."; this is not possible in Germany. On the one hand, that's a good thing; because you have to go back to the author to get permission for some new use, something of great value to the author.

But, in the context of Wikipedia, if you have to go back to clear rights for every new technology that comes along, part of the objective of the authors is defeated. So, there's a need for copyright law to reflect this. There's no reason, in principle, that it can't, so long as we move to reasonable or balanced discussion about copyright law, as opposed to the extremist views that dominate the debate right now.

Copyleft, Trademarks and Free Culture

Is the growth of the copyleft movement another force advocating for permanent extensions to copyright law?

LL: That is an interesting consequence of copyleft. In a theoretical sense it is quite important... because the side of freedom seems to benefit from the side promoting control.

There's another sense in which that paradox is always going to be part of the copyleft movement. I described [elsewhere] how there is this radical change in the scope of copyright law effected by moving to a digital network. It's only because of this radical change in the scope of copyright law that projects like Creative Commons can get going. You wouldn't be able to attach a Creative Commons statement to a book in realspace, and say, "if you read this book, you have to do it Share-and-Share-Alike," and expect it to have legal force -- the only way that *could* have force, is if there was a contract entered into every time you opened a book, and there's no grounds to believe that.

But, because on a digital network every use of a creative work produces a copy, there is a foundation upon which to insist on a license every time you use the work; that's where the Creative Commons license gets its power.

So on the one hand, many of us are very skeptical about this explosion of copyright regulation. But on the other hand, we take advantage of it in Creative Commons. [laughs]

With licenses like Creative Commons/GFDL, we get away from some copyright barriers. Do you see other barriers to the growth of free culture, in law or in culture?

LL: All of the problems that exist for free software will increasingly be problems for free culture. The most prominent is software patents, which will increase the coordination costs of software development projects in a way that favors proprietary projects.

Another huge problem will be trademark, an area of law in radical need of updating in light of new technologies. You see this in eBay auctions: people auction their Rolex watch, Rolex says, "you can't do that, you're infringing our trademark...". The law compels Rolex to defend their trademark or lose it, so in some sense they're forced to take that ridiculous position. But in some cases they like taking that position, because that protects them from competition.

This could affect projects like Wikipedia, especially as Wikipedia becomes more ambitious in the types of media it provides and the access it affords. I think that [legal] irrationality, or trademark law that is out of tune with the technical framework, will provide danger to Wikipedia much as it provides it to the libraries of free culture.

Is there anything we can do to forestall that?

LL: Not really. The problems with trademark beg for legislative and judicial correction. There are certainly steps (which it's not appropriate [for me] to advise about) -- there are steps you could take to minimize exposure, but on the other hand there are steps we ought to take to change the legal rules, to make them make more sense.

Línguas, tradução

Diferente das licenças CC, a GFDL é apenas oficial em inglês; você vê isso como um desafio para adaptação em centenas de municipalidades?

LL: Obviamente, eu concordo com os objetivos substanciais da GFDL. Minha visão pessoal (há desentendimento sobre isso) é que a GFDL é muito otimista ao acreditar que pode ser aplicada internacionalmente apenas com um requerimento [de licença] em língua inglesa.

Como grandes organizações como a ONU lidam com isso?

LL: Uma analogia melhor: como a Microsoft lida com isso? A Microsoft tem licenças que estão anexadas aos seus programas... projetadas para serem aplicáveis universalmente, mas também localizadas, dependendo de onde você é. Está lidando com isso de uma maneira parecida que estamos [a Creative Commons] lidando com o mesmo assunto.


 

Wikipédia e reutilização de conteúdo cultural

Quando você descobriu a Wikipédia como uma página? Qual foi sua primeira reação?

LL: Eu lembro de passar uma boa quantia de tempo para mim (uma, duas horas) apenas vagando pela Wikipédia quando deveria estar fazendo outros tipos de trabalho, tentando entender como estava funcionando, quem estava por trás, e o que fazia ela funcionar. Foi um daqueles momentos "Aha!" enquanto você navega pela rede - as pessoas sempre falam que este tipo de coisa é possível, e ali estava, acontecendo, de fato. E acontecendo com muito mais sucesso do que os outros haviam previsto. Foi um momento muito emocionante.

É justo dizer que alguns daqueles que possuem um grande arquivo de conteúdo, como o Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), a BBC e a Suprema Corte dos Estados Unidos da América, mesmo lançando restrições na maioria de seu conteúdo, deparam-se com larga reutlização de seu material?

LL: Depende do que você chame de "reutilização"... No sentido de pegar conteúdo multimídia e mesclá-lo, nós estamos apenas começando a ver muito disto. Mas isso é porque a tecnologia está apenas começando a se penetrar. Vai levar algum tempo até que nos síntamos confortáveis com isso.

E isto está começando a mudar, enquanto o archive.org e páginas similares começam a disponibilizar o conteúdo e as pessoas começam a usá-lo de maneiras realmente poderosas. Por mais que aconteça, mais fácil será para pessoas como eu [que tratam das mudanças nas leis de direitos autorais] argumentarem que "esta é uma importante parte da cultura".

CC x GFDL, CC e WP

A Creative Commons e a GFDL são similares em espírito, mas não tecnicamente compatíveis. Você vê algum mérito em fazê-las compatíveis? Ou elas servem à diferentes objetivos?

LL: Num nível abstrato, que geralmente pensamos, vemos as duas como licenças livres, e há uma perfeita compatibilidade entre os objetivos da GFDL e das licenças Creative Commons. Por enquanto, elas não se interoperam tecnicamente. Seria ótimo se pudéssemos fazer com que ambas se interoperassem.

How long will it be before we can have this kind of interoperability?

LL: The hard thing for a project like Wikipedia is the retroactive part -- to what extent can we conform the old with the new? From the standpoint of "when will we have the tools to [create new content] in a cross-platform-compatible way?" (where 'platforms' mean different free license platforms), I expect within 6-8 months we'll have that technology built in.

Wikimedia develops lots of content, but few people gain any reputation; the Creative Commoners you talk about are creative artists striving for reputation. Do you think these are paths to different creative cultures? Will there be a merging of the notion of the individual creator, with that of people contributing to a whole?

LL: I don't see them to be as distinct as that question presumes. You can look at somebody like Louis Armstrong and say "Wow, wasn't he amazing?" Or you can look at jazz, and say, "Isn't jazz amazing?" And its amazingness is constituted in part by particular people like Louis Armstrong. I think that's similar to what you see if you look at Wikipedia vs. what Creative Commons is typically describing.

Because Wikipedia is jazz, it is amazing -- the product of innovation, and "building on top of," in exactly that way. It is harder to be a particularly great jazz musician within that tradition, harder to be noticed, but I'm sure you could point to particular people (I don't know who they are) who have done the most amazing work within that particular genre.

We're both building great genres one creator at a time. Depending on the project, you might be more astonished by the collective product, or by the individual contributions to it.

CC version 2 has attribution as a fixture, not an option. Is part of our culture changing its notion of authorship?

LL: Creative Commons has not been building licenses so far to deal with this idea of collective authorship. But we are spending a lot of time thinking through what the appropriate CC-like license is for projects like this.

You could think of a CC-wiki license which would be a form of work-for-hire but not in the traditional sense. That's something we're thinking about and obviously eager to provide if the market of free culture has a strong demand for it.

You try passionately to change the law in a number of ways, in court and with the Creative Commons. Do you see the efforts to change free culture through Creative Commons as more promising than going through the courts?

LL: Multiple strategies are essential. Nothing in Creative Commons insists that people agree with me about copyright terms, or about problems of over-extensive rights being granted by Congress. So we can get allies in the context of the free culture who think of me as the devil in the context of copyright regulation. That's important, because it reflects a basic humility about the law which I think we all should admit: none of us really knows what is the best thing here.

But it also permits different movements to be understood differently. The free culture movement, driven by a bunch of students and projects around the country, is different from Creative Commons, and that's different from what I do at the Center for Internet and Society. We don't demand a loyalty test across all of those things.

There has been some discussion recently among Wikimedia volunteers about the Foundation getting involved with political advocacy...

LL: I don't know enough about the dynamics of the Wikimedia Foundation. It's not obvious that an organization as successful and as powerful as the Wikimedia Foundation in the context of building free culture, should (or shouldn't) take on the very difficult and alienating and divisive battles around the copyright wars. I think it's a question that needs to be addressed after a lot of consideration, and not just on the basis of what particular people think is right.

Advogado do Diabo

Obrigado. Para finalizar, agora mais descontraído: se você acordasse amanhã como o advogado do diabo, que mecanismo legal você usaria para fechar a Wikipédia?

LL: <meditando> Uma das características mais difíceis da lei de direitos autorais é variação internacional dos termos desta. Você poderia explorar isso para criar responsabilidades para a Wikipédia com conteúdos que são somente livres em algumas jurisdições... e então usar outra jurisdição para fechá-la.

Você realmente teria que querer fazer isso, e esta é a grande proteção estrutural que a Wikipédia tem. Poderiam haver pessoas ou organizações em particular que não gostariam de ter seu trabalho usado, e reclamariam e você teria de retirar o conteúdo deles. Mas não há inimigo mais forte que faria uma estratégia para fazer isso. Eu penso que a Wikipédia pode sobreviver por problemas locais, sem um oponente genérico diabólico.

Ainda bem! E obrigado por seu tempo!

</div>

6

Na Mídia


Conjunto de antenas em Socorro, Novo México, EUA. Autor: Hajor

Aqui está uma olhada no que a mídia (em todas suas formas) tem a falar sobre a Wikipédia, seja bom, ruim ou indiferente. Até agora, a Wikipédia vem liderando os holofotes da mídia; aqui encontramos algumas informações sobre nossos projetos irmãos também.

Daqueles que elogiam ou estão por dentro:

  • 1º Set: "Personne ne sait tout, mais tout le monde sait quelque chose." --SVM
  • 20 Set: "Nós acabamos por gostar dela porque economiza tempo e menciona a gente" --The Inquirer
  • 23 Set: "Você não seria um santo e doaria um dinheirinho durante a arrecadação de fundos deles?" --The Village Voice
  • 25 Set: "É surpreendente: a ordem triunfa sobre o caos." --Leipziger Volkszeitung
  • 30 Set: "A Fonte de Todo Conhecimento" --Tim Berners-Lee numa conferência tecnológica do MIT
  • 7 Out: "uma das maravilhas da era digital" --The Guardian
  • 1º Nov: "Apesar de não haver estrutura de controle... ela rivaliza com enciclopédias comerciais em profundidade e qualidade da cobertura." --Legal Affairs
  • 5 Nov: "É o 'último' no que se refere à trabalho em equipe, e o resultado é espetacular." --USA Today
  • 8 Nov: "um projeto global que ilustra o poder cerebral da Internet" --St. Petersburg Times
  • 5 Jan: "Dá a impressão de ser ajudada por um exército de voluntários: um sentimento de poder, sem chicote nem cenoura" --CaptainDoc

Àqueles que criticam:

  • 15 Set: "é a crença em klingon do "ponto de vista neutro" - ao invés de contexto - aonde começa a cair" --The Register
  • 15 Nov: "Ao contrário da fé, o artigo foi, de fato, editado para mediocridade." --Tech Central Station
  • Nov: Depois do "fast food", a "fast science" --Charlie Hebdo.

E também ao estranhamente divertido:

  • 10 Nov: "Como você pode justificar uma biografia de "Weird Al (Yankovic)" com apenas 850 palavras?" --The Onion

Cobertura especial : A cobertura incluiu o artigo de nº. 1 milhão, testes de comparação contra outras enciclopédias, e as edições pesadas e quentes antes das eleições dos EUA.

  • 23 Set: "Conseguiu reunir 1.000.000 de artigos e se converteu em um dos principais lugares de referência de toda a Internet" --El Mundo
  • 14 Out: "Apenas dentro da cobertura científica a Wikipédia divide sua posição no topo" --Die Zeit
  • 14 Out: "Sr. Bush e Sr. Kerry criaram mais debate que entradas para sexo e religião." --Red Herring

Outros projetos além da Wikipédia são mencionados também:

  • 25 Out: "Pessoalmente, eu ainda me baseio no OED (Oxford English Dictionary) na maioria do tempo, mas eu também olho para o dia em que o Wikcionário ultrapassá-lo." --The Statesman
  • 4 Dez: "Wikinews, a última tentativa de repensar a mídia tradicional e a publicação" --eSchool News

Numa evidência que a imprensa também erra na hora de encontrar os fatos certos, a Wikipédia foi fundada por:

  • Howard Rheingold, segundo o International Herald Tribune, 11 Set.
  • Lyndon LaRouche(?!?!), de acordo com o (Ohio State University) Lantern, 4 Out.

Enquanto isso, a revista Wired parece estar inventando maneiras de usar a palavra Wikipédia

  • como um verbo, tomando o lugar já ocupado pelo Google:
    25 Nov: "You can Wikipedia them on the Web, open source-style." (você pode wikipediá-las na web, no estilo código aberto). --Wired Magazine
  • como uma metáfora para vida na Internet:
    2 Dez: "one of a growing number of technophiles whose lives are one big Wikipedia" (um de um crescente número de tecnófilos cujas vidas são uma grande Wikipédia) --Wired News

</div>


7

Internacional

 

Prefeitura de Londres. Foto: ChrisO
Wikimania 2005
Frankfurt

Wikimania 2005: A Primeira Conferência Internacional da Wikimedia ([40]) é uma conferência planejada para todos os usuários dos projetos da Wikimedia (de 4 de agosto de 2005 a 8 de agosto de 2005).

O evento incluirá palestrantes de dentro da Wikipédia e de fora também. Um dos objetivos da conferência é de fazer com que as pessoas se encontrem e aprendam sobre os projetos em outras línguas.

Frankfurt foi escolhida como local para a primeira conferência da Wikimedia no verão de 2005 (inverno no hemisfério sul). No meio de novembro, Jimbo Wales, Arne Klempert, Mathias Schindler e Elain inspecionaram o local para o encontro, a Haus der Jugend, e conversaram com possíveis patrocinadores. A Haus der Jugend acabou tornando-se ótima, uma mistura de prédios antigos e novos, em volta de um lindo jardim. Nós reservamos praticamente o prédio inteiro para os dias 4 a 8 de agosto, um grande hall de conferências para 400 pessoas, com diversos halls menores e em torno de 300 camas. Como próximos passos iremos criar um sistema de reservas para os participantes e enviaremos uma chamada para papéis.

Serão três dias de atividades e dois dias de conferência planejados para o primeiro evento anual da Wikimedia. Haverão apresentações técnicas, acadêmicas e de negócios sobre wikis e os projetos da Wikimedia.

Ambas acomodação para o evento e o espaço para conferência serão fornecidos pelo principal albergue / centro social de Frankfurt am Main, Alemanha, muito utilizado por organizações sem fins lucrativos. Você pode registrar seu interesse em participar, e saber mais sobre a programação e o local, na página meta sobre o assunto ([41]).  

Encontro em Bolzano
Bolzano vista de Hocheppan. Autor: RKraasch

Wikipedistas italianos se encontraram em Bolzano no mesmo dia da apresentação da Wikipédia na conferência LinuxDay (27 de novembro). Um dos tópicos principais foi a formação de uma divisão local italiana; alguns wikipedistas alemães também participaram, e sua experiência com sua divisão local foi de valor. Alguns pontos importantes foram aceitos: a criação de regimentos internos para a associação e a discussão por capítulo e a associação poderá ser sem fins lucrativos ou outro algo do tipo. O status de administrador está em discussão em várias enquetes na Wikipédia em italiano. Enquanto isso foi decidido que estes que não estão ativos, têm de aparecer separadamente na lista, para evitar que usuários que entrem em contato com eles não reclamem por não receber resposta. No final, houveram mais debates sobre o uso de categorias ao invés de listas, onde mesmo assim a lista ainda poderia apresentar artigos ainda não existentes, através da inclusão das mesmas nas partes editáveis das categorias.  

Encontro em Taipei

O encontro em Taipei (Taipé) foi no dia 4 de dezembro. Houve um muito raro furacão de inverno em Taiwan naquele dia. À tarde, a chuva pesada parou, e o encontro começou no Yun-men Café próximo a estação de trem de Taipei. Quatro wikipedistas, seus amigos e um repórter do United Daily News compareceram ao encontro.

A conversão automática de chinês tradicional/simplificado que está vindo com o MediaWiki 1.4 foi discutido primeiro, e este novo recurso do software ajudará muito a atrair mais taiwaneses para os nossos projetos. Então os wikipedistas de Taipei discutiram sobre os diferentes estilos de personalidade dos wikipedistas na Wikipédia ZH, que foi um tópico interessante. O Yahoo Taiwan introduziu uma nova comunidade online - Yahoo! Kimo Knowledge+, e na China continental, a Sina.com introduziu um projeto muito similar, o iAsk. Nas suas comunidades qualquer um pode perguntar e responder questões, e seu conteúdo também é organizado por perguntas. A diferença entre o Kimo Knowledge+ e a Wikipédia foi discutida, e todos participantes pensaram que a Wikipédia deveria introduzir um sistema de condecoração a usuários como o Kimo Knowledge+ e o iAsk estão fazendo -- apesar dos sistemas do WikiMoney e das "barnstars" da Wikipédia em inglês já serem conhecidos pelos wikipedistas ZH. Finalmente então o grupo falou sobre recrutar novatos. Deveria haver propaganda especial ou apenas aguardar o crescimento espontâneo da comunidade? É realmente uma boa questão para se pensar.  

Encontro no Japão

Durante os meses de outubro e novembro, os wikipedistas japoneses tiveram três encontros em três cidades, Osaka, Tóquio e Nagoya. Alguns wikipedistas em outras cidades como Yokohama também participaram. Os participantes variavam desde um garoto do colegial a um casal nos seus 40 anos. Em Yokohama, o usuário francês Aoineko trouxe um troféu ao encontro de Tóquio. O troféu foi dado a Wikipédia em japonês pela Associação de Anunciantes do Japão em setembro e mais tarde será enviado para Jimbo. Entre os tópicos de conversação estavam planos para melhorar a autonomia dos projetos japoneses, atividades recentes significantes de wikipedistas e suas próprias atividades na Wikipédia.  

Conferência em Berlim

O 21ª Chaos Communication Congress (21C3) foi realizado em Berlim no fim de dezembro de 2004 e forneceu uma grande chance para wikipedistas e desenvolvedores do MediaWiki se conhecerem. Para muitos dos desenvolvedores, foi sua primeira chance para ter discussões cara a cara sobre o futuro do software.

A conferência incluiu os temas de hacking, ciência, comunidade, sociedade e cultura, e incluiu dois debates relacionados à Wikimedia e dois workshops. Tim Starling e Brion Vibber fizeram uma apresentação entitulada "Edite Esta Página escalando o wiki além do 1 milhão" e também moderaram o workshop dos desenvolvedores do MediaWiki que discutiu o software atual e idéias para os futuros recursos do MediaWiki. A apresentação deles discutiu questões de software e hardware, com informações sobre a implementação de algorítmos de compressão. Jimmy Wales conversou sobre a "Sociografia da Wikipédia: o que a comunidade da Wikipédia não sabe sobre si mesma", onde ele explicou os diferentes papéis dentro da comunidade, e explicou como a Wikipédia não é criada por um milhão de pessoas adicionando uma linha, mas por uma comunidade de usuários que confiaram uns nos outros trabalhando juntos. Elisabeth Bauer, Angela Beesley e Jimmy Wales moderaram um workshop sobre colaboração na Wikimedia. Entre os tópicos discutidos estavam o papel da Fundação, cooperação internacional e a conferência Wikimania.

A área da Wikipédia no piso térreo, com sofás e um colchão, foi um ponto de encontro para wikipedistas e deu a oportunidade de vender wikileitores e CDs com o conteúdo da Wikipédia para promover a Wikipédia a outros presentes na conferência.

A estadia em Berlim foi também usada para se discutir sobre o evento Wikimania, e planos para palestrantes e outros aspectos do evento foram discutidos offline.  

Tese sobre a Wikipédia

Uma tese sobre a Wikipédia foi escrita por Vala, um wikipedista italiano. A tese pode ser encontrada no Wikisource, em italiano, ou na sua versão traduzida para o inglês aqui.

O trabalho da tese concentra-se na questão, freqüentemente discutida, da "produção coletiva" de conhecimento, que por mais de 40 anos vem tomando forma na mídia contemporária, caracterizada pela centralização dos computadores como um ferramente de "compartilhamento de conhecimento" e como um "instrumento relacional".

Em particular, a tese discute a produção coletiva de conhecimento em sua dimensão online, e especificamente, dentro do projeto da Wikipédia, como um trabalho emblemático no tratamento deste argumento.

Além de pesquisa empírica profunda dentro da comunidade da Wikipédia ("etnografia virtual" combinada com "observação participativa" em reuniões e entrevistas offline combinadas com as entrevistas diretamente na rede), nós traçamos uma rota complexa dos primeiros passos da fase de construção social do PC, a análise crítica do modelo de produção e aproveitamento social, que chega perto daquele observado dentro da Wikipédia: assim diga, fonte aberta, analisando em particular os pensamentos dos dois principais pensadores da teoria: Richard Stallman e Eric Raymond.

Então nós olhamos as intervenções que melhor parecem contribuir para clarificar a estrutura socio-estrutural mantendo a produção cooperativa de conhecimento na rede: isto é, com a teoria estrutural de redes e sistemas emergentes, como formalizada por Albert Làszlò Barabàsi, e com as teorias de complexidade e sistemas emergentes, pelo menos como revelado no campo de ciências humanas.

Começando deste quadro teórico, nós chegamos a um resultado original na esfera de pesquisa, reconhecendo na edição italiana da Wikipédia um modelo híbrido, em um lado lembrando as dinâmicas de sistemas emergentes e complexos, e no outro apresentando mais aspectos tipicamente comunitários, como vem sendo descritos na vasta literatura de comunidade virtuais.

Galeria

Uma coleção de alguns de nossos materiais mais bonitos

Autor : Pollinator "Lagos Espelhados", Parque Nacional de Cajas, no Equador. Autor : Delphine Ménard (notafish) Um modelo de uma fechadura, feita inteiramente usando software lançado sob a GFDL. Autor : Wapcaplet


Um modelo de uma fechadura, feita inteiramente usando software lançado sob a GFDL. Autor : Wapcaplet


Koh Samui (Surat Thani, Tailândia). Autor : Manfred Werner (Tsui) Cristais de gálio. Autor : Foobar


Um árvore de bonsai. Autor : Peggy Greb


Contorno luminoso incomum ao redor do sol no Pólo Sul. Autor : JG Cindy McFee


Mosca de olhos azulados. Autor: David L. Green


Um homem na Áustria tocando com seu órgão. Autor : Chepry


</div>



8

Notas Finais

Margaridas

Após uma apresentação que Angela Beesley e Jimmy Wales fizeram à equipe da BBC em agosto de 2004, eles foram convidados a passar duas semanas nos escritórios da BBC em Bush House, Londres em novembro. As duas semanas foram gastas apresentando para funcionários da BBC de várias divisões da empresa a Wikipédia e outros projetos da Wikimedia, junto do software MediaWiki que rodam, e os princípios do conteúdo livre e comunidades abertas.

Eles falaram com cerca de 150 pessoas, uma fração muito pequena das 27.000 pessoas que trabalham para a BBC. As apresentações variavam de acordo com o que Jimmy e Angela pensavam que aquela divisão poderia se beneficiar: usando o conteúdo da Wikipédia ou se deveriam estar criando suas próprias comunidades para criar conteúdo para a página da BBC na Internet.

Em termos de links para a Wikipédia, Jimmy e Angela discutiram as regras dos produtores com o departamento de busca, e com o departamento de política editorial, para ver se haviam razões pelas quais a BBC não deveria recomendar a Wikipédia em seu motor de busca. Uma página desatualizada no wiki do departamento de busca sugeriu que uma "regra dos três cliques" pode evitar isto, mas as regras mais recentes sugeriam que isso não deveria ser um problema.

Seguindo uma apresentação sobre os projetos da Wikimedia para o departamento de notícias online, as questões tiveram seu foco quase exclusivamente nos recentemente lançados projetos Wikinews, com muitas perguntas sobre como seria policiado e como as pessoas poderiam confiar nele. Foi explicado que a página atualmente focava em fazer sumários de fontes de notícias existentes, ao invés de reportagens originais.

Na apresentação ao departamento de rádio e música, houve um zombeteiro sobre como o conteúdo da Wikipédia iria parecer na página, comparado ao conteúdo já existente das licenças do Muze que a BBC possui.

Mais tarde, houve muita discussão sobre as diferenças entre h2g2 e as comunidades da Wikipédia, e como os processos top-down usados na página da BBC poderiam ser reduzidos.

Durante a primeira semana na BBC, Paula LeDieu veio discutir o Creative Archive (Arquivo Criativo). Este arquivo incorpora todas gravações de televisão e rádio da BBC, que planeja lançá-lo sob uma licença Creative Commons. A licença será não-comercial, e provavelmente para uso somente dentro do Reino Unido. Já que a BBC não é dona dos direitos de muito do conteúdo, as dificuldades de fazer com que as pessoas concordem com uma licença livre é uma das razões pelas quais foi escolhida uma licença não-comercial.

O departamento de esportes pareceu ser o mais aberto em relação de fazer uso do conteúdo da Wikipédia, e em formar comunidades próprias. Eles querem ter mais conteúdo sobre esportes minoritários, e estavam interessados em aprender como isto poderia ser feito através de fãs destes esportes adicionarem conteúdo para a página através de wikis.

A página People's War está prestes a fechar suas portas para a edição. Nós discutimos com as pessoas trabalhando nisto sobre quais seriam seus planos para a página quando o projeto acabasse. Apesar de que os contribuidores das histórias hospedadas na página concordaram com os termos e condições da BBC que permite que a BBC sublicencie o conteúdo, chegou-se a um consenso de que lançar o conteúdo sob a GFDL e tendo um risco potencial de uso mal-intencionado do conteúdo seria inaceitável para a comunidade. Alternativas proporam em manter o conteúdo das histórias estático, mas permitindo que a comunidade continuasse a construir em torno da página, adicionando metadata e informações factuais relacionadas às histórias.

Calendário

Veja Calendário para mais

O que está acontecendo através do wikiverso e além. O evento mais esperado que está por vir é o Wikimania, o primeiro evento internacional da Wikimedia, de 4 a 8 de agosto. O Wikimania irá oferecer apresentações acadêmicas e o encontro de centenas de wikimedistas pela primeira vez. O que irá acontecer? A atmosfera irá ficar no clima? É impossível saber o que vai acontecer, então traga seus confetes.


Eventos passados
Set Aoineko recebe pela Wikipédia um prêmio da Associação de Anunciantes do Japão
Wikipédia alcança 1.000.000 de artigos
Apresentação para a ONU
Out 40.000 cópias de um CD da Wikipédia em alemão enviadas
12 Out: Conferência Berlinux
Nov 27-28 Nov: Simpósio de Roterdã
Dez 12-13 Dez: Encontro com a Fundação OSI em Nova Iorque, wikiencontro

27-29 Dez: 21C3 em Berlim, wikiencontro

Pôr-do-sol na Austrália, perto de Swifts Creek
Eventos Marcados
  • 8-11 Jan - Jerusalém, Israel. Leitura GuruNet [JW]
  • 9 Fev - Palo Alto, Califórnia, EUA. Leitura da Univ. de Stanford [JW]
  • 26-27 Fev - Bruxelas. Conf. FOSDEM; grande presença WP [JW, tab]
  • 5-6 Mar - Chemnitz, Alemanha. Conf. Linuxtage [tab]
  • 10-16 Mar - Hanôver, Alemanha. Conf. CeBIT
  • 11-14 Mar - Lörrach, Alemanha. IT/Linux Days 2005
  • 14-17 Mar - San Diego, Califórnia, EUA: Conf. etech [JW]
  • 15-18 Mar - Dusseldorf, Alemanha. Bibliothekartag 2005
  • 17-20 Mar - Leipzig, Alemanha. Leipziger Buchmesse 2005 [tab]
  • 18-20 Mar - Barcelona, Espanha. Conferência CCC, festa
  • 21-26 Mar - Nova Délhi, Índia. Conf. Doors of Perception [JW] "plataformas para a inovação social"
  • 14-17 Abril - PixelAche, Helsinque
  • 18-21 Abr - Santa Clara, Califórnia, EUA. Conf. usuários do MySQL [JW]
  • 27 Abril-1º Maio - Geneva, Suíça Salon International du Livre de la Presse
  • 2 Junho - Hamburgo, Alemanha. German Trend Day 2005 [JW]
  • 22-25 Junho - Karlsruhe, Alemanha. Linuxtag
  • 27 Junho - Chicago, Illinois, EUA. Conferência da American Library Association
No Futuro
  • 5-9 Ago de 2005 : Wikimania, em Frankfurt, Alemanha; também o aniversário do fundador :)

 

A Estrada Adiante
A estrada adiante

Leitores interessados deverão poder ver este newsletter publicado em abril. Fique de olho na página do newsletter no meta para novas informações, ou inscreva-se para receber atualizações do newsletter por e-mail. Fique de olho para a próxima edição na primavera (hemisfério norte) / outono (hemisfério sul) e mantenham o bom trabalho e as sugestões a vir!

O serpear da humanidade numa só comunidade não implica na criação de uma comunidade homogênea, mas o contrário; a utilização bem-vinda e adequada da qualidade distintiva numa atmosfera de entendimento... Comunidades com um só padrão, como caixas de soldados de brinquedo, são coisas do passado, do que do futuro.

-H. G. Wells

</div>